terça, 28 de dezembro de 2021 - 10:17h
SEMA aplica multa de R$ 50 milhões em mineradora por mortandade de peixes em Pedra Branca do Amapari
SEMA aplica multa de R$ 50 milhões em mineradora por mortandade de peixes em Pedra Branca do Amapari
Por:

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) aplicou no último dia 21 de dezembro, três autos de infração ambiental que totalizaram o valor de R$ 50 milhões na empresa Mina Tucano pela situação de mortandade de peixes no município de Pedra Branca do Amapari, ocorrido em novembro.

O relatório técnico da secretaria apurou que houve contaminação ambiental por lançamento de efluentes industriais em corpo hídrico, resultando na alteração da qualidade da água e mortandade de peixes.

O grupo de trabalho formado por técnicos da Sema realizou duas visitas para apuração in loco da denúncia: a 1ª o dia 29 de novembro e a segunda dia 02 de dezembro, ambas no ano de 2021.  A demanda inicial era investigar os fatos relacionados à mortandade de peixes no igarapé Areia, no município de Pedra Branca do Amapari, ocorrido, segundo moradores, nos dias 26 e 27 de novembro.

A investigação ocorreu com coleta e análises de água, fotografias tiradas em momentos anteriores ao evento, feitas por técnicos da SEMA, mapas georreferenciados, imagens de satélites e investigação da fauna aquática e da flora.

“Após a coleta e análise minuciosa constatou-se que os corpos hídricos do Igarapé Silvestre e Igarapé Areia sofreram intervenções expressivas que resultaram na ocorrência de dano ambiental, com consequentes impactos ambientais negativos nos meios físicos, bióticos e socioeconômicos, indicados pela perda significativa da fauna aquática e profundas alterações físico-químicas”, destacou a secretária de estado do meio ambiente, Josiane Ferreira.

Segundo o relatório técnico Nº 001/2021 do grupo de trabalho instituído para o caso, houve contaminação dos corpos hídricos, provocada pelo lançamento de efluentes com alta concentração de cianeto, oriundos da barragem de rejeitos da mineradora. Ocasionando elevada mortandade de peixes ocorrida no igarapé Areia.

Desta forma, o Grupo de Trabalho sugeriu as devidas providências, quanto a constatação de dano ambiental provocado pela empresa Mina Tucano e adoção das providências cabíveis que resultaram em 3 atos Infração ambiental: pela mortandade de peixes; descumprimento da condicionante e das  2 notificações entregues em 02/12/2021.

 

Assessoria de Comunicação e imprensa

Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema)

IMAGENS RELACIONADAS
  • img1
  • img2
COMO CHEGAR
NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SEMA - Secretaria de Estado de Meio Ambiente
Av. Mendonça Furtado nº 53 - CEP: 68900 - 060 - Macapá/AP - (96) 4009-9450 - sema@sema.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2022 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá